segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Chegamos ao final do FSM

Apesar de alguns acontecimentos negativos o evento foi importante, teve espaço para exposição e mobilização dos movimentos sociais, houve um reconhecimento e valorização dos povos indígenas, povos esses que são originários dessa terra. Os representantes do Instituto Crescer também puderam mostrar os trabalhos realizados pelo Instituto, inclusive o Projeto Oca. Mas infelizmente faltaram participações populares mais expressivas no evento. O Fórum Social Mundial trouxe um novo olhar para a cidade de Belém e para a região Norte, pois são deixados muitas vezes em 2º plano no mapa geopolítico brasileiro.

Texto:Marcelo Silva/Marcia Duarte
Edição e fotografia:Eduardo Bustamante/Michele Damasco
Postagen:Marcelo Silva
Fonte:Eduardo Bustamante

4 comentários:

Edu Bustamante disse...

Acredito que nosso trabalho está muito avançado no que diz respeito a empoderamento comunitário. Senti falta de maiores debates sobre este tema no FSM. Vamos nos organizar para num futuro levarmos ao Fórum nossos trabalhos e nossas idéias em uma atividade ou painel oficial.

Edu Bustamante disse...

Pessoal,
já estava me esquecendo:
Parabéns pela cobertura, conseguiram vencer a distância e as limitações estruturais, noticiando de uma forma imparcial e verdadeira o Fórum Social Mundial 2009.

Anônimo disse...

O FSM é muito importante e creio que todos aproveitaram bem...é isso ai e até o proxímo FSM...VLW.



FELIPE SOLER!!!

Márcia disse...

É uma pena que o FSM tenha terminado sem grandes planos de mudança para os problemas que nos assombram,pelo visto o capitalismo ainda imperou, que pena né?!!,espero que no próximo fórum as pessoas com menor poder aquisitivo possam participar em peso dos debates e não só a "elite".